Saúde

CAS – Centro de Atendimento à Saúde da APAE

O CAS – Centro de Atendimento à Saúde da APAE de Marília tem como objetivo garantir que as Pessoas com Deficiência tenham seus direitos assegurados por meio de uma efetiva articulação com as demais pastas promovendo uma real melhoria da qualidade de vida dessas pessoas. Além disso, a Instituição pretende garantir que as oportunidades para este segmento sejam ampliadas e a diversidade respeitada, além de garantir o acesso a todos os recursos, direitos e serviços básicos.

O CAS é subdividido em dois setores: CHI (Centro de Habilitação Infantil) e CAAI (Centro de Atendimento e Assessoria Interdisciplinar).

Os atendimentos no CHI (Centro de Habilitação Infantil) são oferecidos para crianças de zero a seis anos de idade, sendo que a idade máxima para o inicio dos atendimentos é de três anos. Ao atingir a idade de seis anos, a criança receberá alta do atendimento e a família será orientada quanto às condutas necessárias.

Já o Centro de Atendimento e Assessoria Interdisciplinar (CAAI) é voltado para os alunos e assistidos regularmente matriculados na Escola de Educação Especial e no Centro Sócio Ocupacional desta APAE. Os atendimentos para os alunos da Educação são realizados no contra turno ao período escolar e  para os atendidos na Assistência Social os atendimentos na saúde são realizados no  próprio período que frequentam .

A equipe do CAS é formada por uma equipe técnica interdisciplinar, com atuação coletiva e/ou individual, sempre que se fizer necessário, com os alunos, família e comunidade, com serviços complementares ao trabalho pedagógico, no sentido de cumprir com os objetivos educacionais e favorecer o pleno desenvolvimento das potencialidades e aprendizagens  dos educandos .

A equipe interdisciplinar é constituída por: Médicos Neurologista e Psiquiátrico, Enfermeiro, Técnico de Enfermagem, Psicólogos, Fonoaudiólogos, Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais, Nutricionista, Assistentes Sociais e Supervisora da Saúde. Os serviços de atenção à saúde são realizados visando à habilitação e reabilitação neuro sensorial e motora da Pessoa com Deficiência Intelectual e/ou Múltiplas  Deficiências e Transtornos Globais do Desenvolvimento. No ano de 2015 foram realizados um total de 26 mil atendimentos médicos e ambulatoriais nos setores acima descritos.

Invalid Displayed Gallery