História

mini-DSC00690Fundada no dia 11 de maio de 1968 a APAE (ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS) de MARÍLIA é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos, que promove a prevenção e a inclusão da pessoa com Deficiência Intelectual e/ou Múltipla Deficiência e Transtornos Globais de Desenvolvimento, produzindo e difundindo conhecimento. Atua em todas as fases da vida, da infância ao processo de envelhecimento.

A APAE DE MARÍLIA surgiu da necessidade de alguns pais de crianças com deficiência que ao chegar à idade escolar, não conseguiam suas matrículas em escolas regulares. Com o apoio da antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Marília – hoje UNESP – e em contato com a APAE de São José do Rio Preto e São Paulo, a fundadora Maria Luiza de Barros viabilizou a sua criação. Em princípio seu funcionamento foi em um prédio cedido pelo Governo do Estado, localizado à Rua Catanduva, nº 611. Com o aumento da demanda mudou-se para um prédio cedido pelo Município, localizado à Rua Bonfim.

Em 1976 passou a funcionar em prédio próprio, localizado à Rua Raul Torres, nº 70 – Bairro Fragata C, cujo terreno havia sido cedido pelo Município. Hoje, conta com uma estrutura de 18.000 m², sendo que 9.000 m² são de área construída.