Educação

CENTRO SÓCIO EDUCACIONAL (CSE) – A Escola de Educação Especial da APAE de Marília é referência em qualidade e compromisso social e busca incansavelmente atender as Pessoas com Deficiências e suas famílias, tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades de formação de atitudes e valores, dando assim sua contribuição para a família e a comunidade.

A proposta de ensino é baseada no Currículo Funcional Natural, tendo como ponto de partida a construção de uma escola que vise à melhoria da qualidade de vida das Pessoas com Deficiência, oferecendo oportunidades para os alunos aprenderem naturalmente, habilidades que são importantes para torná-los independentes, competentes, produtivos e felizes em diversas áreas importantes do desenvolvimento.

Dividido em três etapas que tem como proposta uma educação emancipadora, estabelecendo o diálogo e a integração como outras instituições, sistemas e rede de ensino minimizando as barreiras impostas pela deficiência e suas limitações. A escola atende as seguintes modalidades de ensino:

• ENSINO INFANTIL – Para alunos de 03 a 5 anos;

• ENSINO FUNDAMENTAL – Para alunos de 6 a 14 anos;

• PROGRAMA PEDAGÓGICO ESPECÍFICO – Para alunos de 15 a 30 anos;

• EDUCAÇÃO ESPECIAL PARA O TRABALHO (Preparação e Inclusão ao Mercado de Trabalho) – Para alunos de 15 a 30 anos.

A proposta da APAE inclui na sua estrutura organizacional, a educação profissional, de acordo com os preceitos legais. Essa modalidade está vinculada à vida produtiva no espaço desafiador do mundo do trabalho, onde tem o objetivo de ensinar aos educandos atividades úteis e lucrativas, que lhes sirvam como instrumentos de integração social e lhes tragam efeitos terapêuticos ao mesmo tempo, reafirmando-os como pessoas capazes para a produção e o trabalho. Com o propósito de preparar o aluno para a vida, oportuniza ao educando a aquisição de conhecimentos, o respeito às regras de boa convivência e o desenvolvimento de capacidades/habilidades visando sua autonomia, independência e aptidões para a inclusão no mercado de trabalho. A inserção profissional demanda que o aluno tenha desenvolvido, especificamente, a habilidade de relacionar-se com as pessoas, a percepção de si e do outro, a noção de responsabilidade e que consiste certa autonomia que lhe permita movimentar-se no trabalho e na comunidade. É esperado que alcance inclusive o controle emocional no seu cotidiano, um melhor manejo do dinheiro, com noções de cálculos (matemática) e o conhecimento da leitura funcional do mundo. Para tanto os alunos participam de um programa de preparação para o mercado de trabalho com os professores em parceria com a psicologia e terapia ocupacional onde são realizadas visitas técnicas nas empresas e desenvolvimento de conteúdos específicos para o mundo do trabalho. Assim que o aluno é incluído no mercado de trabalho a APAE DE MARÍLIA oferece um ano de atendimento psicológico ao aluno e visitas ao campo de trabalho. A APAE DE MARÍLIA incluiu no mercado de trabalho, nos últimos anos, 40 alunos nas mais diversas áreas entre comércio e indústrias de Marília.